BMW C evolution

BMW C evolution no Scooter Parade 2014

A rainha das scooters elétricas apareceu no Scooter Parade 2014, no Porto, e tornou-se logo o centro das atenções. A curiosidade foi imensa, e o feedback foi extremamente positivo, com uma ressalva: o preço!

Galeria de imagens BMW C evolution

Logo a seguir surgiram as comparações, e houve uma que se aproximou: a Vortex NWR.

Galeria de imagens Vortex NWR e BMW C evolution

scooter parade 2014

Scooter Parade 2014 – powered by eforum

O e-forum.pt juntou-se ao Scooter Parede e já é membro da grande família da Parade 2014!
As Scooters Eléctricas vão aparecer em peso e apesar de silenciosas prometem fazer-se notar em grande estilo no desfile.

Esta parceria tem como principal objetivo unir esforços na promoção da mobilidade em duas rodas. A troca de experiências e uma comunicação efetiva são fundamentais, de forma a atrair mais adeptos e utilizadores da mobilidade sustentável.

Acordo resultante da parceria

Todos os users do e-fórum beneficiarão de um desconto de 20% na inscrição do Scooter Parade 2014/Porto.
Basta que na inscrição ou no check-in, informem pertencer ao efórum.pt dando o respectivo nickname.

Aconselhamos que façam a inscrição via internet, e para evitar filas no dia do evento façam o check-in no seguinte endereço:
Rua Padre Himalaia, 110 E 4100-553 Porto

Contactos:
Sérgio Castel Branco | 968044861
Luis Castro Fernandes | 919803231
scooterparade@scooterparade.com

Programa oficial

programa scooter parade 2014

 

dia europeu sem carros 2014

Dia Europeu Sem Carros – 2014

No âmbito da Semana Europeia da Mobilidade (13ª edição), cujo tema transversal do corrente ano é “As nossas ruas, a nossa escolha”, o scooters-eletricas.com vai participar no evento promovido pela Divisão Municipal de Ambiente e Educação Ambiental do Município de Vila Nova de Gaia, que decorrerá no dia 21 de setembro, na Praia de Lavadores (Junto ao Hotel Casa Branca).
O objetivo principal da organização visa proporcionar oportunidades para promover meios de mobilidade alternativos e sustentáveis, induzindo mudanças de atitudes e comportamentos que permitam introduzir novas políticas de transportes.

Neste sentido, e atendendo a que o objetivo do evento coincide com os princípios do scooters-eletricas.com, é com prazer que vamos estar presentes, tendo o apoio especial das empresas Interflexo e Gingabike.

As atividades programadas são as seguintes:
– Exposição e Test Drive de Veículos Elétricos (scooters e bicicletas)
– Reciclabicla – Exposição de Bicicletas, Peças e Acessórios em Segunda Mão
– Momentos de diversão e relaxamento (zumba, pilates, body combat)
– Quiosque de Sensibilização para a Mobilidade Sustentável (quiz ambiental com ofertas de brindes)



Razões para andar de scooter elétrica (parte 2)

vantagens scooters elétricas

As scooters elétricas representam uma alternativa credível no que diz respeito à mobilidade nos meios urbanos. Além disso, está também a ajudar o ambiente e, a médio e longo prazo, a sua carteira.
Há muitas dúvidas quando chega o momento de decidir sobre a compra de um veículo elétrico de duas rodas. A seguir, identificamos algumas razões que o(a) podem levar a optar por uma scooter elétrica.

Vantagens ambientais

Como seria de esperar, uma das maiores vantagens destes veículos é, sem dúvida, a nível ambiental. Uma vez que são viaturas elétricas não existe emissão de CO2. Além disso, também não existe a emissão de fumos e de cheiros incómodos que contribuem para a poluição do planeta Terra.
Outro caraterística dos veículos ditos “normais” é que contribuem em grande escala para a poluição sonora. No caso das scooters elétricas, esse é mais um ponto a seu favor. Uma vez que não emitem ruídos.

Vantagens económicas

As vantagens económicas são, especialmente hoje em dia, um fator muito importante e, por vezes, decisivo. Ao optar por uma scooter elétrica estará a fazer uma poupança enorme comparativamente com aquilo que gastaria se estivesse a utilizar combustível. Além disso, o preço dos combustíveis é muito volátil estando (quase sempre) a subir. Ao utilizar uma scooter elétrica gastará cerca de 0,50 euros por cada 100km. Uma super poupança!

Vantagens ao nível dos custos de manutenção

Normalmente, quando se compra um veículo é necessário uma manutenção periódica e regular. Sendo que, quando há a infelicidade de haver algum problema mecânico/técnico os custos de reparação costumam ser elevados. Se adquirir uma scooter elétrica, as probabilidades de que isso lhe aconteça são bem mais reduzidas, dado os componentes apresentarem uma elevada durabilidade. Além disso, as revisões que tem de fazer são bem menos frequentes.

Possibilita uma maior mobilidade dentro das cidades

Viver numa cidade pode ser encantador e ter um número ilimitado de vantagens. No entanto, quando chega o momento de enfrentar a “hora de ponta” qualquer pessoa se questiona vezes sem conta o motivo pelo qual se meteu em semelhante confusão. O motivo não sabemos com toda a clareza. Mas a verdade é que, com uma scooter elétrica consegue chegar mais rápido, e evitar esse malfadado trânsito. Além disso, arranjar um espaço para estacionar deixará de ser “um bicho de sete cabeças”!

Aumenta a sua qualidade/conforto na condução

Ora pense lá, um veículo que não vibra, que não faz barulho, e que não emite cheiros, só pode contribuir para um maior conforto na condução.

Existem ainda outras razões/vantagens, que certamente vão dar origem a outro artigo (parte 3).

Leia também: Razões para andar de scooter elétrica (parte 1)

Se tiver alguma dúvida ou comentário a fazer, não hesite em contactar-nos!

 

Porto scooters eletricas

Porto na linha da frente – motociclos e ciclomotores nas faixas BUS

Porto scooters eletricas
Vai ser possível no Porto os motociclos e ciclomotores circularem nas faixas BUS. O período de experimentação terá início no próximo dia 1 de maio, em algumas zonas da cidade, nos seguintes corredores BUS:

  • Avenida Fernão Magalhães;
  • Rua do Bonfim;
  • Campo 24 de Agosto;
  • Rua Fernandes Tomás,
  • Rua Sá da Bandeira;
  • Rua Formosa;
  • Rua de Camões;
  • Praça da Liberdade;
  • Avenida dos Aliados;
  • Praça General Humberto Delgado;
  • Rua António Luís Gomes;
  • Rua da Trindade;
  • Rua do Clube dos Fenianos;
  • Rua dos Heróis e dos Mártires de Angola.

O projeto-piloto, com uma duração mínima de 18 meses, vai ter o apoio da Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto (FEUP), que irá avaliar os impactos desta medida no sistema de transportes.

Destacamos algumas vantagens deste projeto pioneiro, para os utilizadores de scooters elétricas e também para os habitantes da cidade do Porto: redução dos tempos de viagem, menos emissões de CO2, aumento da segurança para os condutores de motociclos e ciclomotores, incentivo à utilização de veículos de duas rodas em substituição do automóvel, com imapcto direto na redução do tráfego automóvel.

Estamos perante uma oportunidade para evidenciar o valor que a utilização das scooters elétricas pode ter na mobilidade urbana, e também no elevar dos níveis de qualidade de vida.

vantagens scooters elétricas

Razões para andar de scooter elétrica

As scooters elétricas já saíram da obscuridade e são cada vez mais comuns, principalmente nas grandes cidades. Quem as procura pretende evitar os altos preços da gasolina, maior mobilidade nas cidades congestionadas com trânsito e ao mesmo tempo ajudar o ambiente. A seguir, apresentamos a opinião de um leitor nosso, que nos enviou um email a descrever algumas das vantagens das scooters elétricas, e que pelo seu contéudo merece o devido destaque.

Fugir aos elevados preços da gasolina

Em tempos de crise, uma das principais vantagens das scooters eléctricas é evitar depender da gasolina para o seu veículo. A energia eléctrica é incomparavelmente mais barata que a gasolina e isto a médio prazo compensará o dinheiro investido numa scooter eléctrica. De notar também que isto traz outras vantagens: a scooter eléctrica faz menos ruído e é também mais fácil de limpar, pois a sujidade provocada pelo óleo e gasolina não a afectará. O facto de poderem ser carregadas em casa também o poupará às longas filas nos postos de combustível.

Mobilidade nos centros urbanos

Uma scooter eléctrica fará com que a sua viagem para o trabalho deixe de ser um inferno, pois pode evitar as longas filas de trânsito. Também o estacionamento no centro das cidades ficará muito mais fácil e é por isso que as scooters eléctricas são muito populares nas grandes capitais. Existem hoje em dia muitos acessórios que permitem atenuar os efeitos do clima no Inverno tornando as suas viagens mais confortáveis.

Fácil manutenção

Comparadas com os automóveis e scooters a gasolina, a manutenção de uma scooter elétrica é bastante mais barata. A manutenção é mais rara, não existindo necessidade de mudanças de óleo ou ajustes no carburador, bem como outras revisões necessárias nas scooters a gasolina.

Conforto e qualidade na condução

As scooters elétricas são bastante confortáveis, com uma condução muito suave e que se adapta facilmente a vários tipos de piso. Como a velocidade que atinge não é muito elevada, a condução é fácil e muito estável. O motor não vibra como o de uma scooter normal e não faz o mesmo barulho.

Se tem um carro, não precisa tirar outra carta

A legislação portuguesa diz que os titulares de carta de condução válida para veículos da categoria B (automóveis ligeiros) podem conduzir motociclos de cilindrada não superior a 125 cm3. Esta transição de automóvel para scooter elétrica não implica por isso os custos de tirar uma nova licença.

As scooter elétricas são amigas do ambiente

As scooters eléctricas são também amigas do ambiente, não emitido dióxido de carbono para atmosfera pois não queimam combustível. É por esta razão que estes veículos são cada vez mais aconselhados e a sua utilização fomentada pelas autoridades de cidades muito populosas como Nova Iorque, Londres ou Hong Kong, e a tendência promete crescer também nas cidades portuguesas.

M. Tiago

KTM e-Speed

KTM E-Speed aproxima-se mais da comercialização

A KTM E-Speed já anda a rolar! A versão protótipo teve uma aceitação muito positiva por parte do público, contribuindo para “acelerar” a vontade de produção desta scooter elétrica.

KTM e-Speed

A E-Speed tem vindo a sofrer algumas evoluções, estando prevista a apresentação de uma versão final nos próximos meses.
Os testes em estrada já começaram, de forma a identificar eventuais melhorias ou até introduzir algumas alterações, sem perder o seu “espírito” compacto e agressivo, que esteve na sua origem.
[divider]
Leia também:
arrowApresentação da KTM E-Speed
[divider]
[one_half]


[/one_half]

[one_half_last]

Agora, resta-nos esperar pela E-Speed, que com certeza vai elevar as scooters elétricas a um nível superior, e que pode “despertar” outras grandes marcas para a importância de soluções elétricas, o futuro da mobilidade nos grandes centros urbanos.
[/one_half_last]

Moto elétrica Brammo Enertia Plus

Motos elétricas da Brammo em Portugal

Moto elétrica Brammo Enertia Plus

O lançamento oficial está previsto para o início de Outubro de 2013, no entanto, o modelo Enertia Plus, já poderá ser visto e testado na loja da Prio.E no Porto. Este modelo tem uma autonomia em circuito misto em torno dos 90 km e atinge uma velocidade máxima de 95 km/h.

O modelo mais potente, a Empulse, estará apenas disponível no primeiro trimestre de 2014, aquando da introdução deste modelo na Europa.

Moto elétrica Brammo Empulse

Para os apaixonados por velocidades maiores, a Empulse já permite atingir uma velocidade máxima de 170 Km/h, com uma autonomia de cerca de 125 km, em circuito misto.

Rubbee - acessório bicicleta elétrica

Como transformar uma bicicleta comum numa bicicleta elétrica em segundos

Rubbee - acessório bicicleta elétrica
 
Rubbee, é o nome de um acessório que pode transformar uma bicicleta “normal” num veículo elétrico. Desenvolvido no Reino Unido, este dispositivo permite reduzir o esforço ao pedalar, facilitando as viagens mais longas e as subidas mais acentuadas.
 
O Rubbee inclui uma bateria, um motor, e é encaixado debaixo do selim. A aceleração de uma roda de fricção, encostada ao pneu traseiro, permite atingir uma velocidade máxima de 25 km/h.
 
Se utilizar o dispositivo na aceleração máxima, a sua autonomia situa-se nos 20 km. Com uma aceleração média, poderá realizar viagens com uma distância de cerca de 30 km.
 
Este equipamento destaca-se pela sua portabilidade, e possibilidade de ser utilizado em vários modelos de bicicletas, não ficando “amarrado” apenas a uma bicicleta.
 
E não fiquem a pensar que apenas se destina a passeios calmos. O video seguinte comprova que o Rubbee pode ser utilizado em condições mais exigentes e em bicicletas com suspensão completa.
 
[vsw id=”69878556″ source=”vimeo” width=”620″ height=”369″ autoplay=”no”]
 
Se ficou com vontade de ter um acessório destes, pode consultar o site de financiamento coletivo – Kickstarter, onde poderá adquirir um pelo preço de cerca de 800 €, mais a taxa de entrega (50€). Estima-se que as entregas ocorram a partir de novembro deste ano.

 

Mini E-Scooter Concept

Mini Scooter E Concept, sem planos para produção

Mini E-Scooter Concept

Em 2011, o Scooters Elétricas publicou informação sobre a Mini Scooter E-Concept, destacando-se o entusiasmo da Mini (Grupo BMW) em desenvolver um modelo de scooter elétrica capaz de atrair os seus fãs, e acompanhar as tendências de promoção de uma mobilidade urbana elétrica.

Na altura destacou-se o seu design, e a possibilidade de integrar o Iphone no lugar do painel de instrumentos (à semelhança do modelo da Smart), permitindo o acesso a diversas funcionalidades, com destaque para o sistema de navegação, leitor de música e telefone. Este smartphone podia ainda ser utilizado como a “chave” que identifica a presença do proprietário. Tudo isto se tornava mais funcional através de um capacete inovador, com a integração de fones e microfone, capaz de efetuar ligações e comandar os instrumentos por voz!

Mas, chega de ilusões, pelos menos por agora! O sonho que se poderia tornar realidade, parece ter sido metido na gaveta, pois as prioridades da marca estão concentradas na construção de automóveis.

Vamos ser realistas, a produção em massa desta scooter elétrica poderia não ser exequível, no entanto, a produção de uma série limitada, mesmo a um preço “proibitivo”, seria um sinal claro da Mini em estar presente no mercado da mobilidade elétrica de duas rodas.

Por agora fiquem com as imagens da Mini Scooter E-Concept, e que sirvam de inspiração para outros projetos.

Galeria de imagens

 

%d bloggers like this: